Aprenda como fazer a gestão estratégica de pequenas empresas!

A gestão estratégica de pequenas empresas é, basicamente, o planejamento feito a respeito da missão, valores e objetivos do negócio. É um plano a longo prazo que serve para que elas possam se preparar para o mercado e consigam identificar as oportunidades para crescer e se destacar.

O que acontece é que, muitas vezes, devido ao seu porte, as pequenas empresas não dão a devida importância para a gestão estratégica e não sabem como implementá-la de forma eficaz.

Para esclarecer essa dúvida, preparamos este post ensinando como fazer a gestão estratégica da sua empresa. Acompanhe!

Faça uma análise empresarial

O primeiro passo é fazer uma análise empresarial para identificar o estado atual do negócio e entender o que deve ser feito para ter o crescimento esperado. Para isso, você pode adotar diferentes ferramentas, por exemplo:

  • diagnóstico empresarial;
  • matriz BCG;
  • curva de valor;
  • análise SWOT.

São ferramentas que fazem análise de diversos aspectos para que você consiga identificar os pontos fortes e fracos e compreenda qual é a situação da empresa, como estão os indicadores do negócio, o clima organizacional e demais características importantes para uma boa gestão.

Defina os objetivos do negócio

Depois de compreender a situação da empresa, é hora de definir os objetivos que você pretende alcançar a curto, médio e longo prazo. Nesse planejamento, é importante ter sempre metas para o período de um ano, para facilitar o acompanhamento de resultados.

É nessa hora que você deve criar as estratégias que serão aplicadas para atingir seus objetivos. Por exemplo: reduzir os custos operacionais, treinar os funcionários, investir em marketing etc.

Enfim, são diversos caminhos que você pode escolher para alcançar as metas, por isso, é preciso verificar com calma os resultados da análise empresarial para determinar o que precisa ser feito e encontrar as melhores práticas para realizar os seus planos.

Execute o que foi planejado

Para garantir a gestão estratégica de pequenas empresas é preciso executar tudo o que foi planejado no passo anterior. É nessa etapa que costumam surgir as dificuldades, afinal, alguns fatores externos podem influenciar a implementação da estratégia, como: custos mais altos do que os previstos no orçamento ou uma demanda maior do que a esperada por determinado produto ou serviço.

Por isso, durante a execução, também é importante ter atenção ao seu andamento. Diante das dificuldades, repense os planos e faça as alterações necessárias para conseguir atingir os seus objetivos. Essas mudanças nos planos são normais no processo de crescimento, então não desanime se precisar rever o seu planejamento.

Acompanhe os resultados

Finalmente, você deve acompanhar todos os resultados. Após o término de cada etapa do planejamento, analise se foi possível atingir as metas e se foram feitas mudanças no decorrer da execução.

Aqui, você também deve reavaliar as metas traçadas e, se for necessário, fazer atualizações e criar outras estratégias para atingi-las. A gestão estratégica é um processo contínuo, que exige um planejamento constante e o acompanhamento dos resultados para conseguir atingir todos os objetivos.

Como vimos, é possível implementar a gestão estratégica de pequenas empresas em poucas etapas, garantindo mais competitividade e permitindo que você encontre sempre novas formas de melhorar o desempenho do seu negócio para que ele seja um sucesso no mercado.

Então, gostou deste post? Aproveite para seguir as nossas páginas nas redes sociais e acompanhe as nossas atualizações! Estamos no Facebook, no Instagram e no LinkedIn.